Como ser criativo - 5 dicas para transformar sua rotina

blog

Conteúdos pra inspirar criatividade, produtividade e arte.

Muito do jeito que a gente pensa e trabalha está escrito aqui. São conteúdos sobre produtividade, arte, design, criatividade, cultura organizacional e também sobre ferramentas de trabalho. Aproveite.

  • Espaço Sete Criativo

COMO SER CRIATIVO 5 dicas para exercitar a sua criatividade e ser mais produtivo no trabalho


Nesse último ano uma palavra que ouvimos muito falar em workshops, convenções, tanto nos cenários online e off-line foi CRIATIVIDADE. Como uma habilidade muito visada pelas empresas, e o marco de trabalho em geral, hoje em dia, a criatividade é uma capacidade que todos querem aprimorar.


Uma grande parte das pessoas acredita que a criatividade é um poder, concedido apenas à uma pequena parcela da população e que, aqueles que não demonstram essa capacidade desde pequenos, nunca irão conseguir dominá-la. Mas, na verdade não é assim que funciona, a criatividade, como qualquer outra habilidade, pode sim vir com mais facilidade para uma pessoa do que para outra, porém, do mesmo jeito, ela também pode ser aprendida por aqueles que a treinam. Porém, poucos se esforçam para isso.


Existem diversos artigos pela internet que dão dicas sobre práticas que ajudam a exercitar o pensamento criativo, das mais simples, como assistir um filme no cinema, até as mais diferentes, como subir a temperatura do escritório. Compilamos uma lista com os 5 exercícios mais efetivos, e talvez curiosos, que encontramos na nossa busca.


Música estimula a criatividade (mas só se for alegre)

Isso mesmo, nada de ouvir músicas com tons tristes ou ansiosos enquanto você está trabalhando. Segundo um estudo realizado em conjunto pela Universidade Radboud, dos Países Baixos, e a Universidade de Tecnologia de Sidney, na Austrália, escutar música alegre enquanto está trabalhando alimenta a criatividade e melhora a cognição, ajudando a ter ideias mais inovadoras. Mas um conselho: se você está em um momento que precisa concentração, talvez não seja a melhor ideia escutar aquela música que você mais adora, corre o risco prestar mais atenção na música do que no trabalho que precisa ser feito.


Procure conteúdo fora da sua zona de conforto

Com o tempo ficamos acostumados a usar as mesmas fontes de conteúdo, acessamos sempre o mesmo site, lemos a mesma revista, e temos algumas pessoas a quem sempre recorremos quando precisamos de ajuda ou conselho. Claro que não é ruim ter fontes que você sabe serem confiáveis, porém quando consumimos a mesma ideia é difícil que o resultado seja muito diferente. Tente sair da sua zona de conforto e leia um livro de um gênero diferente do que você está acostumado, leia artigos de outros nichos e indústrias, chame alguém com quem você nunca teve uma conversa para ir tomar um café. Experimente!


Aprenda a tocar um instrumento - ou qualquer outra arte!

Quando nos envolvemos com arte ativamos diversas partes do nosso cérebro, ajudando a criar conexões, nos trazendo um sentimento de serenidade, que promove uma melhor cognição e abrindo caminho para ideias mais divergentes e criativas.


Adam Grant, escrito do livro “Originais” e pesquisador da Universidade de Wharton,

descobriu que ganhadores do Prêmio Nobel são 2 vezes mais prováveis de tocar um instrumento, 7 vezes mais prováveis de pintar e 12 vezes mais prováveis de escrever do que seus colegas. Deixando claro que a arte é um ingrediente importante para criatividade e inovação.


Tire um tempo para meditar

Já falamos sobre a efetividade da meditação para a criatividade na nossa página do Facebook, inclusive temos um infográfico com 10 passos para meditar que vai te ajudar se você não sabe como.**


Com a meditação você aprende a dar foco no presente e se livrar de preocupações passadas e futuras, que tiram a sua mente do problema que você precisa lidar no momento. Além disso, um estudo feito pela Universidade Erasmus de Rotterdam, comprova que a meditação deixa as pessoas mais relaxadas e positivas, propensas a ter soluções originais e criativas.

Mas calma, você não precisa se aprofundar na prática nem fazer aulas, se não quiser, apenas 10 minutos de prática em casa, ou no escritório, são suficientes para ter um impacto positivo.


Faça mais do que você ama

Quando estamos fazendo alguma coisa que amamos e que nos deixa feliz, normalmente ficamos mais focados no presente - esquecemos nossas preocupações

e pendências por um tempo, e aproveitamos o momento - e como disse ali em cima no 4º tópico, estar nesse estado presente ajuda a limpar a mente, ter mais foco e ser mais criativo. Existe também, uma ligação entre nossa felicidade e criatividade, quanto mais felizes e relaxados estamos, melhor funcionamos e fazemos nossas tarefas durante o dia sendo mais produtivos.


Ou seja, passar um tempo com a família ou amigos, exercitar seus hobbies, ou fazer qualquer outra coisa que você goste e te traz alegria, vai te ajudar a ser mais produtivo e criativo no trabalho depois.


Viu, não é difícil exercitar a sua criatividade. Pense nela como um músculo, quanto mais você o trabalhar, mas forte ele vai ficar, e com o tempo vai ficando cada vez mais fácil ativar esse seu superpoder.


Lembrando que essa são apenas 5 de centenas de dicas que você pode encontrar por aí, então se algum desses exercícios não te agradou ou depois de testar esse você ainda quer mais, sinta-se livre para fazer a sua pesquisa e descobrir o que funciona melhor para você, afinal experimentar e tentar coisas diferentes já um exercício em si só.


Escreva para a gente nos comentários se você fizer algum desses exercícios, o que você achou. Já pôs em prática alguma outra atividade que deu certo? Conta para a gente!


* Link para o estudo

**Link para infográfico


11 visualizações
>

© 2019 por SETE CRIATIVO